domingo, 12 de fevereiro de 2012

Eu quero jogar um jogo


Olá, confraternos. Vocês estão aqui por uma razão.
E a razão é que eu quero jogar um jogo.


O jogo da bondade

Não vale ser bom por mérito próprio, pois ninguém é essencialmente bom.
Não vale ser bom para satisfazer o ego, pois isto seria apenas egoísmo.
Não vale ser bom para conseguir recompensas, pois isto seria interesse.

Perde ponto quando lançar em rosto um bem que fez a alguém.
Quando se arrepender de um bem que fez.
Quando se gabar de um bem que fez.
Quando divulgar uma boa ação.

Que os jogos comecem...
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...