quinta-feira, 22 de julho de 2010

O Mais Fiel dos Seguidores - Relatos Secretos de Judas Iscariotes.

-->
"Eis o relato secreto da revelação que Jesus fez num diálogo comigo. Uma semana antes de celebrar a Páscoa", o Mestre puxou a orelha de todos nós sobre não orarmos por vontade própria, mas apenas por acreditar que assim agradaria ao Pai. Olhei para os apóstolos, todos estavam ofendidos com a bronca levada e “começaram a blasfemar contra Jesus em seus corações”. No momento, fui o único a entendê-Lo. Eu era o seu discípulo favorito, o seu tesoureiro, o servo fiel.

Jesus me chama em particular e diz: “Afasta-se dos outros e eu poderei falar-lhe sobre os mistérios do Reino. É possível você alcançá-lo, mas padecerás de extremo sofrimento.” Indaguei a mim mesmo, “quais serão essas revelações?” Como um flash Ele leu o meu pensar e disse: “Você tem a tarefa maior: sacrificará o corpo que carrega o meu espírito. E há conseqüências. Você cairá em desgraça por gerações, mas um dia estará acima disso. Mostrarei um mundo superior, você estará lá...”. Para mim, as palavras eram como punhaladas que penetravam em minha alma.

É difícil aceitar está decisão, é como um rio que não pára de correr. Dá saudades das nascentes do batismo, dos riachos das parábolas e das corredeiras vinda das aulas do Mestre onde me fazia pensar dias a fio. Por isso que ele avisou, pelo menos três vezes, a sua morte era certa. Inclusive revelou que a traição surgiria no meio de nós. E os apóstolos incluindo a mim, muitíssimo contristados, começaram um por um a perguntar-lhe: Porventura, sou eu, Senhor?

De imediato, uma luz surgiu em minha mente e clareou a idéia que o Mestre revelou. O seu ministério completou aqui na terra e sua volta ao céu era urgentíssima. Para tanto, era necessário dar um fim no seu corpo carnal que aprisionava o espírito divino. Tomei coragem e cumpri à risca as ordens. Imediatamente procurei os sacerdotes para entregá-lo, e pedi uma ninharia de trinta moedas.

Por um momento pensei que estava traindo-O, era quase certo que estaria louco, e, portanto, mereceria compaixão, ou pelo menos uma cura. E pela loucura me precipitei de alto a baixo.

Atenciosamente,
Judas Iscariotes

Textos base ou Fonte: Mt 26.1-49; 27.3-10; Mc 10.10-12; 14.18-21; Lucas 22.3-6; Jo 13,26-27; Atos 1.18; Zc 11.12-13; Jr 18.1-4; 19.1-3; 32.5-16 e por último “O Evangelho de Judas Iscariotes" em que os trechos retirados estão entre as aspas.
(Uma História de Ficção)


Autoria do texto: Hubner Braz
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...