domingo, 10 de outubro de 2010

Não lanceis as vossas pérolas aos burros.


"Não lanceis as vossas pérolas aos porcos". Com esta frase Jesus certa vez quis ensinar aos seus discípulos que não deveriam perder o seu precioso tempo ensinando o bem para aqueles que haviam deliberado praticar o mal por sua própria conta e risco.

Hoje parafraseio o Mestre dizendo: "cristãos esclarecidos, não lanceis as vossas pérolas aos burros! A saber: a céticos e outras espécies de ignorantes e radicais, para que não aconteça que, irando-se contra vós, vos ridicularizem. E digo ainda: até mesmo verdades sublimes quando entram em contato com ambientes impróprios deterioram-se e  tornam-se em imundície e coisa vã."

A verdade é que determinadas pessoas parecem não merecer entender os mistérios da fé saudável, não alienada e, justamente por não compreendê-la, fogem daquela e amparam-se num ceticismo burro que os torna mais patéticos e dignos de pena do que os mais simplórios crentes semi-analfabetos.

Um pouco de conhecimento é bom, mas quando o conhecimento não é acompanhado de raciocínio crítico torna o seu detentor tão ou mais alienado - a verdades alheias que julga serem suas - quanto aqueles que não o possuem.

Um pouco de arrogância intelectual leveda toda a massa. Algumas pessoas realmente não merecem saber mais, pois se souberem se tornarão tão pedantes que melhor seria que tivessem permanecido no claustro (ou seria o paraíso?) da ignorância.

Jesus não ensinava para todos. Jesus falava a todos, mas poucos o ouviam: "Quem tiver ouvidos para ouvir, ouça", advertia. Alguns não têm ouvidos de ouvir, e sim de escutar e, por não entenderem patavinas do que Ele falou, dizem: "era um burro!" Mal sabem estes que, ao dizerem isto, depõem contra sua própria inteligência...

Imagem: http://blogs.estadao.com.br/estadinho/a-turma-toda/
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...