quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

A Alemanha e o multiculturalismo

Merkel diz que o multiculturalismo "falhou redondamente na Alemanha".



Abaixo, um trecho do artigo publicado no site  publico.pt Recomendo a leitura completa do artigo.


A Chanceler quer que os 15 milhões de imigrantes aceitem os valores cristãos germânicos e aprendam a falar a língua, se não quiserem deixar de ter lugar no país. 

A chanceler alemã, Angela Merkel, lançou nova acha para a fogueira do já incendiado debate em curso no país sobre a imigração - e em particular do islamismo -, afirmando que a tentativa de criar uma sociedade multicultural na Alemanha "falhou redondamente". E exigiu aos imigrantes que aceitem e se integrem de acordo com os valores germânicos, sob a pena de perderem o seu lugar no país.   

(...) 

A tendência crescente de xenofobia e anti-islamismo na Alemanha foi expressa, de resto, num detalhado estudo publicado quarta-feira pela Fundação Friedrich Ebert (com ligação ao SPD), que mostra um terço dos alemães a defender a repatriação dos imigrantes. O mesmo estudo revela que mais de metade dos alemães - 58,4 por cento - é favorável a restrições à prática do islão, e 55,4 por cento disse "compreender que os árabes sejam vistos por algumas pessoas como sendo desagradáveis"

(...) 

Ao longo desta discussão, Merkel - sob pressão da linha mais dura dentro da CDU - tem tentado não hostilizar nenhum dos lados do debate. E o argumento a favor da mais profunda integração dos imigrantes na forma de vida alemã tem vindo a ser temperado com declarações em que, por exemplo, insta os alemães a aceitarem que as mesquitas se tornaram parte da sua paisagem social e cultural.
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...