quarta-feira, 23 de março de 2011

De quem é o mérito.


           O organismo humano assemelha-se a um sistema cibernético com seus mecanismos de direção e regulagem, é um circuito fechado de funções. O cérebro comanda determinada reação muscular e recebe suas informações de vários sensores, tais como o toque, o tato, a visão, o olfato, a audição, a sensação de dor,  frio e assim por diante. Se, por exemplo, o coração parar, imediatamente o cérebro registra uma situação de pânico. Emite contracomandos intensivos ao músculo cardíaco, aos quais este obedece, a não ser que seja impedido por condições incomuns, como o congestionamento de uma artéria. Neste sentido a ação de pensar pode levar à instituição e transformação de vias preferenciais ao cérebro e, assim, outorgar ao indivíduo o poder de auto formar sua mente de maneira ponderada. Processo biológico de influência recíproca entre as funções de recepção e execução em um sistema de comando que envolve os sentidos e os órgãos executivos. Entendeu ?

Aquilo que os teólogos continuam a deixar de pronunciar claramente, a título de explicação do ‘MILAGRE”, já era conhecido 500 anos atrás. THEOFRASTUS BOMBASTUS Von HOHEIHEIN (1494-1541), chamado Paracelso foi fundador de uma nova medicina, ressaltando a primazia da alma na vida normal, patológica e foi o primeiro a reconhecer nexos patológicos e síndromes novas tal como a neurose e a psicose. Denominou esta ciência de psicologia e o animal humano era o seu microcosmo central baseado na  força da  imaginação.

O homem fica sujeito à imaginação que apesar de invisível e inconcebível, age materialmente em uma substância e através desta, como se ela própria fosse uma substância. A imaginação pode provocar doenças horríveis, bem como alegria,  saúde e felicidade. Deduz-se daí que a imaginação supera a natureza, que domina; elimina atributos inatos, de maneira que desconhece tanto o céu como a natureza da terra. Assim sendo, muitas pessoas saram, enquanto outras adoecem.

A título de terapia eficaz, cantam-se canções marianas, reza-se o rosário, pedidos de oração... calcula-se e promete-se o óbolo para a cura eventual. O doente não sabe que, com isto, já se iniciou o processo de auto cura, posto em funcionamento por ele próprio num processo psicológico de influência recíproca entre as funções de recepção e execução em um sistema de comando que envolve os sentidos e os órgãos executivos.  Não entendeu ?

Por meio de tal imaginação, surge a fé, tanto nos milagres dos santos quanto nos remédios. O povo acredita na força terapêutica dos  remédios, que, depois, atribui aos santos e aos milagres, não obstante tudo tem sua origem na fé da imaginação. Seja a fé justa ou injusta, muitas pessoas saram enquanto outras adoecem em função da imaginação. Mesmo que um falso(falso?) profeta chegue a impressionar as pessoas, fazendo com que o venerem como beato ou bem-aventurado, para disto tirar proveito, apostando na fé do amor e da esperança, tais milagres realizar-se-ão, não pela força do “falso” profeta, mas pela força da imaginação das pessoas, tão grande em sua fé genuína. A g o o o ra!...

Não quero questionar a fé de ninguém mas só a título de informação e refrescamento de memórias, cito a bíblia em Mateus 9; 20,21,22 e tanscrevo Marcos 5: A cura da mulher enferma que durante 12 anos sofria de uma hemorragia incurável e desenganada por médicos. Capítulo 27; Tendo ouvido falar de Jesus, vindo por trás dele, tocou-lhe as vestes. 29, no mesmo instante se lhe estancou a fonte de sangue e ela teve a sensação de ter sido curada. 34, e ele, Jesus, disse: “Filha, a tua fé te salvou. Vai em paz e sê curada do seu mal”.

Para se crer num ato, têm-se que crer no outro também. O que se dá é a crença pela metade. Interpreta-se a bíblia como se fossem caolhos por conveniência e o inexplicável fica por conta do Espírito Santo. Por isso, até hoje, pastores operam “milagres” em nome de Jesus, Deus, Javé, Buda, Maomé, Pomba Gira, Tranca Rua, Xangô etc. Ninguém dá crédito a sua própria imaginação. À sua própria força de vontade.

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...