sábado, 19 de março de 2011

Perigos do Coração Partido - Lamentações de Tamar à Amnon Sobre o Incesto Cometido!

Eu aprendi que o perigo de um coração partido se agrava com o tempo que passamos para consertá-lo. Você me abusou, humilhou e iludiu. Porque não pedistes ao meu pai? Por quê? Por quê? Sentimentos de desgosto desabrocharam da minha inocência. Desconfiança, desesperança, falso conforto do por vim é o que minha alma apalpa.

Extinguiu a pureza do meu vocabulário. Evaporou os juramentos que tomei na minha virgindade. O meu selo foi violado, perdi o chão da existência. Não irei ocultar, não ameace com papinhos de “nós jurarmos a nós mesmos”.

O perigo que te atingiu nem passa perto do meu perigo. Senti-me repudiada, rejeitada, enojada, jogada na lata do lixo. Algo dentro de mim foi partido no meio. Precisei costurá-lo. Mas sei que os pontos no meu coração não vão cair. Sinto que eles estão lá para ficar. E por que deve ficar? 

O pior de tudo é saber que não foi por causa do Amor que fizeste isso comigo. Tu perfeito, viraste num homem imperfeito. Cai numa nuvem de tristeza, rasguei a minha veste, joguei cinzas sobre a minha cabeça e sai gritando feito uma louca, com a minha mão cobrindo o meu rosto.

Agora é tarde para chorar pelo leite derramado. O que foi feito, se fez. Penso, se nós dois tornássemos um, ou meio de um..., viveríamos em eterna tristeza. Sei que meio não é inteiro. Mas, estaríamos cometendo um delito menos grave sendo meio-irmã. E agora estou condenada... Condenada a ser solteira pelo resto da vida.

Sabe Amnon, tenho certeza que você concluiu o obvio; um minuto de prazer pode trazer perdas irreparáveis. Por capricho seu, tu me tiraste a coroa, o manto e me jogou na rua... Tudo porque nosso pai não tinha direito de questionar, ele questionaria o que entre nós? Ele mesmo cometeu um assassinato seguido de adultério, e agora você, cometeu um estupro, pior, você cometeu um incesto.

O meu medo está por vim, sei que meu irmão te matará, mas a conseqüência desse ato pode ser a própria morte dele. Fico pensando, quantas Tamar tem neste mundo? Quantas?

E pensar que meu nome significava “fruta doce”, mais que doce tem numa fruta violada. Eu seria uma princesa, era um sonho de infância, digo “era” porque você roubou este sonho de mim. Ouço a voz do mestre: Ele tornou meu marido, meu pai, meu irmão, meu tudo! Eu sinto muito por você, Amnon, você nunca me amou!

 Obrigada Amnon :-(

Att. Tamar, irmã de Absalão

Texto Base: 2 Samuel 13


Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...