segunda-feira, 20 de junho de 2016

Uma lição inicial sobre Justiça...




Autor desconhecido 


Aquele era o primeiro dia de aula na faculdade e o professor da disciplina "Introdução ao Estudo do Direito", assim que entrou na sala, a primeira coisa que fez foi perguntar o nome de um aluno que estava sentado na primeira fila:

– Qual é o seu nome?

– Chamo-me Nelson, senhor.

– Saia de minha aula e não volte nunca mais! – gritou o desagradável professor.

Nelson ficou desconcertado. Quando voltou a si, levantou-se rapidamente, recolheu suas coisas e saiu da sala. Todos estavam assustados e indignados, porém ninguém falou nada.

– Agora sim! – vamos começar.

– Para que servem as leis? - Perguntou o professor.

Seguiam assustados ainda os alunos, porém pouco a pouco começaram a responder à sua pergunta:

– Para que haja uma ordem em nossa sociedade.

– Não! – respondia o professor.

– Para cumpri-las.

– Não!

– Para que as pessoas erradas paguem por seus atos.

– Não!

– Será que ninguém sabe responder a esta pergunta?!

– Para que haja justiça – falou timidamente uma garota.

– Até que enfim! É isso, para que haja justiça. E agora, para que serve a justiça?

Todos começaram a ficar incomodados pela atitude tão grosseira do mestre. Porém, seguiam respondendo:

– Para salvaguardar os direitos humanos…

– Bem, que mais? – perguntava o professor.

– Para diferenciar o certo do errado, para premiar a quem faz o bem…

– Ok, não está mal, porém respondam a esta pergunta: "Agi corretamente ao expulsar Nelson da sala de aula?"

Todos ficaram calados, ninguém respondia.

– Quero uma resposta decidida e unânime!

– Não! – responderam todos a uma só voz.

– Poderia dizer-se que cometi uma injustiça?

– Sim!

– E por que ninguém fez nada a respeito? Para que queremos leis e regras se não dispomos da vontade necessária para praticá-las? Cada um de vocês tem a obrigação de reclamar quando presenciar uma injustiça. Todos. Não voltem a ficar calados nunca mais! E vamos trazer de volta o Nelson - disse o mestre.


Lição da aula: Quando não defendemos os nossos direitos, perdemos a dignidade e esta não se negocia.


OBS: Mensagem e ilustração extraídos de Pequena parábola sobre justiça que tem circulado nas redes sociais… Vale a pena ler e refletir…, com algumas modificações textuais feitas por mim. Como não disponho do autor deste texto, caso alguém saiba, envie uma mensagem nos comentários para que seja dado os devidos créditos, apesar de existir na internet várias versões parecidas.
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...