quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Falsos conhecimentos para falsos leitores


Por Esdras Gregório


Existe uma diferença muito grande entre o amor ao conhecimento e o desejo de só querer tirar vantagens do conhecimento humano. Pois muitos falsos buscadores de conhecimento tem se passado por amantes da busca pela verdade. Isso se nota no nível baixo e imundo da literatura em que buscam ler para tirar algum aproveito sem o verdadeiro compromisso com a profundidade de uma leitura séria. O que consomem esse tipo de pessoas são os livros de autoajuda. Fórmula mágicas para a longevidade da vida, meios de adquirir rápido o sucesso, modo de manipulação emocional, métodos de seduzir mulheres, receitas para aumentar o pênis, emagrecer rápido, crescer cabelo na cabeça; segredos sobre a força da mente. Exercícios do pensamento positivo e todo esse lixo inútil que vende pra caralho por que o que mais existe no mundo são pessoas interesseiras e mesquinhas que só querem se dar bem e que sempre vão ser consumidores desses escritores e produtores que vão despejar na cara dos seus consumidores o entulho que eles desejam para se auto-enganar.  

Um livro ruim se nota pela quantidade de bilhões de pessoas no mundo que os buscam por preguiça de aprender a viver de verdade e querer fórmulas e receitas mágicas, fáceis e rápidas para a vida. Por que para cada esperto no mundo existe um mais esperto ainda que sabe que o ser humano é zoiudo e ganancioso e que por isso vai manipular o conhecimento como um ilusionista que direciona o olhar da pessoa para onde ele quer que ela veja e assim condiciona o leitor a ler e raciocinar de forma que ele quer. Dai a pessoa lê uma merda desses livros de segredos para isso e para aquilo e diz que o livro é bom. Lógico: você quis acreditar. O escritor mastigou pra você só engolir. Quer saber?  Esse tipo de pessoa tem que se fuder mesmo, pedem para isso.



Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...