sexta-feira, 1 de abril de 2011

DETERMINE e CAMINHE...



Por quantas vezes na vida nos encontramos abatidos, porque um determinado plano simplesmente não deu certo?! e por que os obstáculos insistem em tornar os nossos caminhos TÃO tortuosos?!

É na fria manhã, que observamos nos olhares de todas as pessoas que estão a caminho do trabalho o quanto estão fartas e cansadas daquela mesmice...

Algumas já não se sentem mais motivadas a trabalharem em seus trabalhos, pois SEUS trabalhos, infelizmente, não as satisfazem profissionalmente....e o cansaço se estende, o desânimo bate...a vontade de desistir de tudo parece invadir o vazio do ego de cada um...

Muitos não encontram sentido na vida, e muito menos um sentido para se viver...pois tudo parece conspirar, tudo não anda legal...e o sol até parece não nascer para alguns, enquanto para outros ele brilha constantemente, com uma luz radiante...

É quando sinto na minha melancolia a melancolia dos outros, que percebo que, a vida parece que deu preferências demais para uns e preferências de menos para outros...

Parece que a vista da janela de uns mostram um caminho de encantos, enquanto para outros o caminho já se tornou totalmente imperceptível devido aos tantos obstáculos...

Mas qual o intuito de sofrermos a vida toda e nada fazermos?! De que adianta ficarmos reclamando sobre as nossas próprias limitações?! Vai te dar "futuro"?! ... se ficar dizendo: "Eu posso isto e não posso aquilo.....eu consigo algo deste tipo, mas daquele tipo já nao serve pra mim...!!"

O limite deixa de ser limite quando o vencemos... E a realidade é que quando vemos pessoas mais bem-sucedidas nas coisas que nós, é porque elas não perderam tempo discutindo...vivendo teoricamente...elas simplesmente foram à batalha..."enfiaram" a cara...

Os obstáculos que venham, pois eles nunca vão deixar de existir mesmo...

Mas não percamos nosso tempo...e façamos transcender a força que existe dentro de cada um de nós.. Lembre-se: Pessoas que conquistaram o sucesso e se tornaram bem-sucedidas.. com certeza não nasceu com esta predestinação, elas buscaram com determinação!!

Para que nos abatermos diante um plano que não deu certo?! Se não deu certo, é porque estávamos fazendo algo errado...vamos voltar e RECOMEÇAR...

Vamos nos afundar em tristezas? ..desgostos? ...e o que o mundo reserva para uma pessoa nesta situação? Simplesmente NADA, pois o mundo pertence àqueles que decidiram viver...correr...conquistar...

Não lamente por ter perdido algo, pois um dia perdemos ..mas no outro encontramos coisas bem melhores....

O segredo está na DETERMINAÇÃO ...e se cairmos levantaremos, se perdermos re-conquistaremos, se nos perdermos recomeçaremos....

Todos nós sabemos que muitas vezes, alguma coisa insiste em nos puxar para baixo..e uma força maior parece nos arrancar toda a vontade de caminharmos....mas tenhamos DETERMINAÇÃO ...basta determinarmos e caminharmos.....pois a vida não pára nenhum minuto para esperá-lo recuperar de uma fraqueza....

Quando acharmos que é tão impossível prosseguir. Lembremo-nos desta história real:


"Numa noite de outubro de 1968, um grupo de obstinados torcedores permaneceu no estádio Olímpico da Cidade do México para ver os últimos colocados da Maratona. Mais de uma hora antes, Mamo Wolde, da Etiópia, havia cruzado a linha de chegada debaixo de saudações exuberantes de todos os presentes. Mas, enquanto a multidão esperava pelos demais colocados, anoitecia e começava a esfriar. Parecia que os últimos corredores já haviam chegado ao estádio. Assim, os espectadores começaram a ir embora. Foi exatamente nesse momento que todos começaram a ouvir as sirenes dos carros que acompanhavam a prova e que chegavam aos portões do estádio naquele instante. Todos pararam para observar e viram o último corredor entrar no estádio e fazer a volta final, completando os mais de quarenta quilômetros da prova. O corredor era John Stephen Akhwari, da Tanzânia. Quando ele estava passando pela pista de atletismo, os espectadores puderam ver que sua perna estava enfaixada e sangrando. Ele havia caído e se machucado durante a prova, mas isso não o impediu de continuar. As pessoas no estádio se levantaram e o aplaudiram até ele cruzar a linha de chegada. O respeitado produtor de documentários, Bud Greenspan, observava à distância. Depois, intrigado, Bud chegou-se a Akhwari e perguntou porque ele tinha feito tamanho esforço para chegar ao final da corrida. O jovem da Tanzânia respondeu em voz baixa: "meu país não me enviou a noventa mil milhas de distância para começar a corrida. Eles me enviaram para terminá-la". (Daniel C. Luz)

Apenas determine!! E qualquer um de nós conseguiremos...


Ninguém pode construir em teu lugar as pontes que precisarás passar, para atravessar o rio da vida - ninguém exceto tu, só tu" - Nietzche


(Paulinha)
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...