segunda-feira, 4 de julho de 2016

Você já parou pra pensar se tem Ética?

Acredito que possa existir uma melhor distribuição e rendas, mas também não sou contra o fato de que algumas pessoas têm o direito de acumular riqueza, desde que a exploração não extrapole os limites (e que limites são esses?). De nada adianta culparmos A ou B, partido de esquerda ou de direito, nada se resolve com troca de alfinetadas.

O povo precisa sair deste paradigma do "Pão e Circo" e começar a pensar politicamente. O mal dos que não se interessam por política é justamente serem dominados e oprimidos por aqueles que se interessam (já disse alguém). Voto consciente não basta, é preciso que se acompanhe a vida daqueles que elegemos, já temos mecanismos pra isso. Quantos de nós já mandamos e-mails para nossos vereadores, deputados Estaduais, Federais, Senadores, aliás, quem de nós se lembra de em quem votou para cada um desses cargos?

Entender o processo legislativo é de suma importância, ler a Constituição de 88, saber quais são direitos e acima de tudo, quais são seus deveres. Quem de nós aqui, aqui mesmo na Confraria dos Pensadores Fora da Gaiola conhece ao menos o Artigo 5º de nossa carta da República? O povo brasileiro é um povo sem Ética, e quando digo Ética não estou falando daquela ética inalcançável proposta por Emanuel Kant. Essa etiqueta de que falo, começa bem cedo, em nossos lares, bem longe da política como a conhecemos.

É não furar uma fila nas casas lotéricas, é encontrar um celular ou uma carteira cheia de dinheiro e devolver ao seu dono. É devolver o troco que o dono da venda deu a mais. É também não comprar filmes pirata, softwares falsificados, é não mentir quando se vende um carro que está com o motor em vias de fundir e dizer que o carro está ótimo. É não comer aquele salgadinho no mercado enquanto faz compras e antes de chegar ao caixa jogá-lo fora para não ter que pagar.

É não tentar subornar o policial que lhe para e quer multar-lhe por que a carta está vencida, é também não comprar sua habilitação e não nem pagar o "arrego" ao examinador. Ética que nos falta é não passarmos os pontos para um parente ou amigo quando nossa carteira de motorista já está explodindo de multas, é não roubar sinal de internet e nem de TV.

Ética é não pedir aos céus que nos ajude quando definitivamente fizemos cagada e devemos pagar pelos nossos erros, também é ter ética quando não se cola numa prova ou pede para um amigo colocar seu nome num trabalho escolar que você sequer leu. Ética é levantar a tampa da vaso quando vai mijar (aos homens), fechar a torneira ou apagar a luz ao sair, principalmente se não for a sua casa. Ética é tirar da cabeça esta ideia estúpida de que "o mundo é dos mais espertos". Poderia escrever a noite toda sobre tudo que é necessário para termos bons políticos, desde que a mudança comece por baixo...bem por baixo, por nós.

Quando estivermos prontos para fazermos uma “autopsia” de nossas condutas enquanto cidadãos, estaremos prontos e aí sim teremos o direito de cobrar daqueles a quem delegamos o poder de nos conduzir na política, do contrário, deixemos de ser falsos e hipócritas e reconheçamos que o que está lá no poder é só um reflexo do que somos aqui embaixo. 

Edson Moura
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...